Páginas

sábado, 30 de junho de 2007

Talento tá no sangue?

Esta semana foi divulgado o interesse do Flamengo em contratar o argentino Maxi Biancucchi, primo do também argentino Lionel Messi.
Biancucchi atuava pelo pelo Sportivo Luqueño do Paraguai e sua transferência é dada como certa na Gávea. O Flamengo aposta na velocidade do jovem atleta de 1,65m, mas não resta dúvida que, até o momento, a maior referência do jogador é o primo famoso. Mais curioso ainda é que a promessa argentina que atuava no futebol do Paraguai foi uma indicação do Waldyr Espinosa, que até bem pouquinho tempo atrás era coordenador de futebol do Vasco. Ah! Mas lá na Colina não tem espaço para negociatas deste tipo a menos que beneficie, apenas e tão somente, o manda-chuva que reina por lá. Pois se fosse levado em consideração apenas o talento do primo "anônimo" do Messi o Vasco teria abocanhado este "cracaço". Bem, todos sabemos que Flamengo é Flamengo e qualquer negociação é possivel em um clube que já comprou um jogador de manhã e vendeu de tarde, caso do meia atacante Kelly no balcão de negócios que o então presidente Kleber Leite montou na Gávea em 1995.

Aproveitando este tema, no meio da semana, vou publicar uma entrevista que fiz com o Kleber Leite à respeito da ação dos empresários no futebol, onde ele se mostra totalmente contrário a este tipo de negociação.



E pra vocês, talento tá no sangue? Ou será que está no bolso?

6 comentários:

Anônimo disse...

No bolso, lógico!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Não sei não... esse primo do Messi pode ser bom mesmo

Anônimo disse...

seu blog é mt bakana..
vou linkar vc sim..
e se vc puder pegar o button do meu blog e colocar no seu pra me linkar tb fikarei grato!
gtande abraço..

http://besteirasdoorkut.blogspot.com

Bezao disse...

No bolso, pena que não é no meu!!!

ARNALDO BONNARD disse...

SEM dúvida o "dom" é importantíssimo em qualquer atividade.Porém acho tb que os "fundamentos" têm que ser desenvolvidos e treinados. Oscar(ex jogador de basquete) disse que arremessava pelo menos 1000 lances-livre por dia.ZICO ,depois dos coletivos do FLAMENGO, ficava treinando cobrança de faltas até à exaustão...Será que sem esta dedicação teriam sido estes atletas magníficos?...Parabéns pelo blog...bjs...

gloria belém disse...

Nossa Rafa, você não é só um poeta, mas também um grande jornalista!!! Parabéns, seu blog está ótimo!

Google