Páginas

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Adílson Batista: O NOME DA VEZ.

A partir desta semana vou procurar postar textos de amigos blogueiros sobre os grandes times do Brasil. Começo com a colaboração do Carlão Azul, do Blog Sou Cruzeirense.

Em tempo: Meus palpites sobre as semi finais do carioca foram "na mosca". Amanhã falo bastante sobre a decisão.

Adílson Batista: O NOME DA VEZ.

É muito cedo, são 6 jogos somente, mas já dá pra sentir que esse nome tem tudo pra ser pronunciado nas melhores discussões sobre o futebol brasileiro do ano de 2008.Adílson Batista chegou ao Cruzeiro tendo a total confiança dos dirigentes, os irmãos Perrellas, que antes mesmo de contratarem o técnico anterior, Dorival Jr. já tentavam a vinda de A.Batista. Os Perrellas apostaram no ex-jogador do Cruzeiro, que aliás nesta função demonstrou que merecia esta chance pois foi um atleta exemplar na época. Mas a torcida Celeste esperava um nome já consagrado, afinal a equipe não ganhou nenhum título mais importante desde 2003, coisa com a qual o Cruzeirense,definitivamente não está acostumado, por isso recebeu A.Batista com um pé atrás.Nos primeiros dias, já em suas entrevistas, os menos radicais já percebiam nas declarações do comandante técnico do time, sua grande personalidade e a demonstração de que daria um perfil de time lutador, guerreiro ao Cruzeiro, assim a resistência da torcida começava a diminuir rapidamente.Foi aí que o time estreou e então os mais incrédulos percebiam uma maneira de jogar diferente no time. Marcação sob pressão ainda no campo adversário, jogadores de ataque se movimentando freneticamente, tentando um melhor posicionamento e o meio-campo firme e quase intransponível. Pronto mais um ou dois jogos e não haviam mais críticos a A.Batista. O time estava ainda em formação mas já era nítida a nova postura do elenco, já era fácil ver que havia uma nova filosofia sendo implantada.Hoje a Nação Azul já começa a acreditar no time de Adílson Batista. Sem grandes nomes no elenco, utilizando bastante a prata da casa e com algumas indicações suas o técnico mostra que entende muito do riscado. Parece que o time "deu liga" e conta ainda com um fator importante: a Sorte. Tudo tem dado certo e o crescimento da equipe parece ser coisa de algumas semanas ou jogos á mais. Ainda é cedo pra "endeusar" quem quer que seja, mas uma coisa já é clara e evidente: A equipe é muito aplicada taticamente e técnicamente e tem ainda muitas esperanças de crescimento. Wagner, Jadílson, M.Moreno, Guilherme, Ramires, Charles, Fabrício, Espinosa e outros são nomes que podem vir a ser grandes destaques em 2008, pelas mãos de outro que com certeza poderá se destacar no cenário esportivo nacional: ADÍLSON BATISTA.

Texto escrito especialmente para o Blog do GarçaDe autoria de Carlão Azul

Sou Cruzeirense - Site

Sou Cruzeirense - Blog

7 comentários:

Carlão Azul disse...

É isso meu brother, acredito muito no trabalho de A.Batista, creio que ele será mesmo um destaque na temporada.

Saudações Celestes
SITE/BLOG.....CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
Sou Cruzeirense-Site
Sou Cruzeirense-Blog
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

Riquinho disse...

Eu não levava a a menor fé no trabalho do Adilsson... SURPREENDEU!

Anônimo disse...

Prefiro o Dorival Jr

ROGER NUNES disse...

alô GARÇA; parabéns pela parceria com o CARLÃO AZUL.vamos prestigiá-lo.ROGER NUNES.

Anderson Nunes-FLA disse...

Quero ver o Curzeiro na Libertadores, pq esse campeonato mineiro é BRINCADEIRA! Ainda consegue ser pior que o do Rio...aqui pelo menos ain da tem os quatro grandes, la so resta o atletiquinho com aquele timinho horroroso p tenbtar fazer fente ao cruzeiro

Anônimo disse...

O adilson é bom cara...ele provou isso no figueirense

Diogo Ferreira disse...

Podemos dizer que esse Adilson Batista é igual ao Marcinho do Flamengo, tem tudo pra dar certo.

Google